PUBLICIDADE
tráfico de drogas

Dupla é detida com mais de 300 kg de maconha entre Amambai e Caarapó

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


A carga está avaliada em, aproximadamente, R$301 mil. - Crédito: Divulgação

Na tarde desta quarta-feira (6), a Polícia Militar Rodoviária (PMR) e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), prenderam dois homens em flagrante, acusados de estarem transportando 301 kg de maconha, na BR-156, entre Amambai e Caarapó.

De acordo com informações policiais, por volta das 15h, a PMR realizava fiscalização de trânsito e criminal, próximo à entrada da Fazenda Bela Vista, quando abordou o veículo VW Voyage de cor branca, com placas de Brasília (DF).

Durante a abordagem, o condutor do Voyage, de 25 anos, estava nervoso, fornecendo aos policiais respostas desencontradas e desconexas. Para a equipe, o homem relatou que chegou em Amambai no dia anterior (05), vindo da capital federal, Brasília (DF), com o intuito de visitar a sua namorada.

Em seguida, a equipe tentou abordar um veículo VW Fox de cor prata, com placas de Belo Horizonte (MG), ocupado por dois indivíduos, que não respeitou a ordem de parada, furando o bloqueio policial. 

Iniciado o acompanhamento tático, os ocupantes do Fox abandonaram o veículo às margens da rodovia e fugiram a pé em meio ao milharal.

No interior do Fox foram encontrados 301 kg de maconha, distribuída em 345 tabletes. A carga está avaliada em, aproximadamente R$ 301 mil.

A equipe do Bope prestou apoio para a realização do cerco policial em busca aos ocupantes do Fox, sendo localizado e detido o passageiro, de 35 anos, do referido carro, após ser avistado perambulando às margens da rodovia, nas proximidades da ponte do Rio Amambai.

Dadas às circunstâncias, os suspeitos, os dois veículos e o entorpecente foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Amambai, para as providências cabíveis.

A ação foi realizada durante a Operação Hórus, desencadeada pela Sejusp/MS e pela Secretaria Nacional de Operações Integradas (Seopi) do Ministério de Justiça e Segurança Pública.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE