PUBLICIDADE
Caarapó

Professor é suspeito de molestar crianças em Dourados

| MIDIAMAX


Pais de duas alunas de faixa etária de 10 a 12 anos da Escola Estadual Getulio Vargas localizada no distrito de Vila Vargas a 25 quilômetros de Dourados denunciaram na última quinta-feira (15) à Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) o professor identificado como E.N. por ter supostamente molestado sexualmente as duas crianças. Mas, há suspeita de que ao menos seis crianças teriam sido vítima deste tipo de violência.

O caso foi atendido pela delegada Franciele Candotti Santana responsável pela Deam. Ela confirmou que o boletim de ocorrência e um inquérito policial foram registrados e instaurados. Até agora já foram ouvidas as duas crianças e seus pais.

A delegada afirmou que o professor foi ouvido na tarde desta segunda-feira. O professor estava acompanhado de advogado. A delegada explicou que o professor ainda não foi interrogado e nem indiciado. Somente depois que todos os envolvidos no caso forem ouvidos é que serão tomadas as providências.

Denúncia

Um dos pais disse que a filha de dez anos contou para a mãe o que estava acontecendo e a partir desse momento foi pedida uma reunião com a direção da escola porque vários outros casos começaram a aparecer. Foi lavrada uma ata da reunião e pedido à diretora da escola providência a respeito da denuncia.

A delegada Franciele Santana afirmou que nos próximos dias vai ouvir todas as possíveis vítimas, seus familiares, os professores, coordenadores e direção da escola. Quando o inquérito for concluído, daqui a um mês, será enviado para a Justiça.

A professora Cleide Garcia, diretora da Escola, afirmou que a ata da reunião foi enviada para a Delegacia da Mulher e para a Secretaria Estadual de Educação. Segundo ela, o professor não foi afastado da sala de aula porque a decisão deve ser dada pela Justiça caso o professor realmente tenha culpa.

O distrito de Vila Vargas foi criado há cerca de cinqüenta anos durante a formação a CAND (Colônia Agrícola Nacional de Dourados) e atualmente conta com uma população que gira em torno de 2500 pessoas. O distrito fica a apenas 25 quilômetros de Dourados e é cortado pela BR 163.

(*) Nomes dos envolvidos foram suprimidos da reportagem para proteger as crianças conforme prevê o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente)


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE