PUBLICIDADE
goiás

Médico mata esposa a tiros dentro do apartamento e foge

“A vizinha disse que ouviu um barulho e a Cleidivânia gritando o nome do marido Teobaldo Santos Almeida

| ISTO É


Foto: Reprodução/TV Anhaguera

Na noite de domingo (5), Cleidivânia de Oliveira Almeida, de 44 anos, foi morta a tiros dentro do apartamento em que morava com o marido em Luziânia, Goiás. Os familiares da vítima afirmam que o companheiro, o médico aposentado Teobaldo Santos Almeida, 72, seria o autor do crime. As informações são do G1.

Os parentes contaram que, no domingo, a vítima e o marido estavam bebendo com alguns vizinhos do prédio. Depois, eles foram para o apartamento se arrumar, pois iriam sair com um casal de amigos.

Nesse momento, Teobaldo teria assassinado a tiros a companheira. “A vizinha disse que ouviu um barulho e a Cleidivânia gritando o nome dele. Ela foi até o apartamento e viu Teobaldo na porta, com a arma na mão. Ele mandou ela sair e fugiu”, disse Ana Carolina Ângelo, uma familiar da vítima.

Segundo o sobrinho da vítima Jhonata Pereira, Teobaldo ligou para o ex-genro e confessou o assassinato.

“Ele entrou em contato com o ex-marido da filha e contou todo o ocorrido, que tinha assassinado minha tia a tiros e estava desesperado, que não sabia o que fazer.”

O caso foi registrado na Polícia Civil. Não foram revelados mais detalhes sobre o crime para não atrapalhar as investigações.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE