PUBLICIDADE

Mãe esfaqueia filha após briga e vai parar na delegacia de Caarapó

| CAARAPONEWS/JOSé CARLOS


Foto: Divulgação

Por volta das 2h deste sábado (2) a Polícia Militar de Caarapó foi acionada para atender uma ocorrência de vias de fato, que acabou com uma jovem de 18 anos esfaqueada. O fato aconteceu no bairro Shalon.

No boletim de ocorrência consta que a mãe da comunicante vítima, uma mulher de 47 anos teria  desferido golpes de faca contra a filha. Na ocasião um integrante do Corpo de Bombeiros ligou para a PM solicitando atendimento.

A equipe da PM ao chegar no local foi informada sobre a veracidade das informações prestadas pela vítima e que o Corpo de Bombeiros estava com a autora detida no local.

Em seguida a equipe do Corpo de Bombeiros se deslocou para o Hospital Beneficente São Mateus com a vítima, enquanto que a autora foi entregue sobre custódia a PM.

A mãe ao ser questionada à cerca dos fatos, ela informou que constantemente é agredida fisicamente por sua filha e que ela sempre é agressiva e que inclusive já teve até dentes quebrados, e cabelo arrancados pela sua filha, a qual sempre a trata mal.

Conforme a mãe, na noite desta sexta-feira (1), sua filha a chamou para irem juntas para um estabelecimento em Caarapó, porém, ela se recusou a ir, pois trabalha em um supermercado e logo na parte da manhã teria que trabalhar, e que ela poderia ir sozinha.

Diante da negativa sua filha começou a xingá-la e aí entraram em vias de fato, onde sua filha em dado momento caiu ao solo e ela ficou por cima dela. Nesse momento a jovem mordeu a perna direita da mãe e também na coxa.

Em ato contínua a mãe da autora apareceu e conseguiu tirar a filha de cima da neta. Sendo que que após ser separada da briga, a mulher correu para a cozinha, pegou uma faca lisa sem pontas, a primeira que encontrou pela frente e desferiu os golpes contra a filha que se defendia por de trás de sua avó.

Como a vítima foi encaminhada ao hospital, a guarnição da PM não teve a oportunidade de ouvir a versão dela.

Diante do caso a equipe da PM encaminhou a autora para a Delegacia de Polícia Civil  para que fossem tomadas as medidas cabíveis.


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE